Please enable JS

O que fazer em Natal - RN - Os melhores passeios

img

O que fazer em Natal - RN - Os melhores passeios

Além de Natal ser a bela capital do Estado do Rio Grande do Norte, a cidade também pode ser um bom ponto de partida para conhecer outros destinos do Estado. Por isso, na hora de considerar o que fazer em Natal – RN, o viajante não pode deixar de fora alguns pontos turísticos nos arredores de Natal.

Alguns passeios são bastante clássicos, como a Praia de Pipa ou as Dunas de Genipabu. Outros menos conhecidos mas não menos imperdíveis. Natal revela algumas boas opções de passeios bate-volta. São essenciais para que a viagem até o Rio Grande do Norte fique ainda melhor.

Praias ou lagoas? Dunas ou falésias? Passeios de buggy ou de barco? Piscinas naturais ou nadar com golfinhos? Tem de tudo o que a gente adora nesse litoral do RN. Confira a seguir alguns dos pontos turísticos imperdíveis para conhecer nos arredores de Natal.

1 – Praia de Pipa, Tibau do Sul

Sim, dá para visitar Pipa através de um bate-volta a partir de Natal. Mas não é o recomendável. Há muita coisa legal para fazer em Pipa, que num simples passeio bate-volta não dá para conhecer. Além das praias e passeios, a vila oferece também ótimas opções de hospedagem e vida noturna.

Mas se você já programou sua viagem para ficar em Natal, ainda vale super a pena fazer esse passeio até a Praia de Pipa. As praias são cinematográficas e a estrutura também é muito boa. Vale super a pena conferir.

  • Porque Conhecer: Pipa é o destino mais fotogênico do Rio Grande do Norte, por causa de suas belas falésias à beira-mar. Praias como a Praia do Madero, Baía dos Golfinhos e Praia do Amor estão frequentemente na lista das melhores praias do Estado.
  • Como Chegar: O caminho pode ser através da Rota do Sol (percorrendo as praias do litoral sul) ou através da BR-101 em cerca de 1h40 de carro. Os passeios bate-volta a partir de Natal incluem paradas na Praia do Amor, na Praia de Pipa (é possível fazer um passeio de barco opcional até a Baía dos Golfinhos) e na Lagoa de Guaraíras em Tibau do Sul.

2 – Praia de Ponta Negra, Natal

Essa é a principal praia da cidade de Natal. Ponta Negra é o melhor bairro para ficar hospedado na capital.

Além de ser uma bela praia, a região de Ponta Negra reúne ótimos restaurantes, bares e vida noturna (vale também conferir o Natal Food Park, uma área que reúne vários food trucks) e o famoso Morro do Careca.

  • Porque Conhecer: o Morro do Careca, na praia de Ponta Negra, é o principal cartão postal de Natal.
  • Como Chegar: Chegar na Praia de Ponta Negra é fácil, embora seja preciso encarar uma ladeira dependendo de onde você esteja hospedado.

3 – Dunas de Genipabu

Genipabu é provavelmente o lugar mais famoso entre as opções de o que fazer em Natal, em função do passeio de buggy nas dunas. Os turistas podem pedir o passeio com ou sem emoção, o que indica o nível de adrenalina na hora de circular de buggy pelas dunas móveis.

  • Porque Conhecer: O visual das dunas é incrível. É possível contemplar toda a Praia de Genipabu e também uma vista panorâmica para a cidade de Natal.
  • Como Chegar: Genipabu fica no município de Extremoz. As cidades ficam separadas por um rio, que pode ser atravessado pela Ponte Newton Navarro. A partir de Natal, o trajeto leva em média 40 minutos de carro. O viajante pode ir de carro próprio (como nós fizemos) ou contratar um passeio através das operadores de turismo de Natal.

4 – Parrachos de Maracajaú

O Rio Grande do Norte também tem seu pedacinho do Caribe. Aquele destino com águas tão cristalinas e azuis que pode ser chamado de Caribe Brasileiro. O melhor é que Maracajaú pode ser alcançado a partir de cerca de 1h30 hora de carro a partir de Natal.

  • Porque Conhecer: os Parrachos de Maracajaú ficam distantes 7 km do mar. Em dias de maré baixa o lugar vira uma grande piscina natural, onde é possível ver formações de recifes e peixinhos.
  • Como Chegar: É possível chegar em Maracajaú de carro próprio (em cerca de 1h30 de estrada, mas é preciso reservar o passeio até os parrachos com antecedência). Há também opções de passeios bate-volta a partir de Natal, bem fáceis de encontrar.

5 – Lagoa de Pitangui e Lagoa de Jacumã

Tem muita gente que se apaixona mais pelas lagoas de Natal do que pelas praias. Por isso, conhecer pelo menos uma lagoa é um dos programas imperdíveis entre as opções de o que fazer em Natal. As lagoas possuem águas tranquilas, quentinhas e sempre com boa estrutura.

  • Porque Conhecer: Que tal sentar com os pés numa lagoa fresquinha enquanto bebe uma cerveja ou até deitar numa rede dentro de uma lagoa? É o tipo da experiência que relaxa qualquer um. Acaba sendo o objeto de desejo da maioria dos turistas em Natal.
  • Como Chegar: Apesar das lagoas estarem incluídas no passeios de buggy em Genipabu, também é possível chegar com carro próprio. Existem duas opções de trajeto, uma delas é atravessando o rio Ceará-Mirim de balsa (R$ 30,00). Acaba sendo a opção mais pitoresca, já que cada carro embarca em uma balsa exclusiva. Pela estrada (BR-101), o trajeto pode até ser mais rápido e também dá para economizar no custo da balsa.

6 – Praias do Litoral Sul: Rota do Sol até a Praia de Camurupim

O passeio até litoral sul inclui provavelmente as praias mais lindas do litoral do RN. Por isso, nós optamos por reservar alguns dias em Pipa, uma excelente base para explorar a região. Para quem opta por conhecer a região a partir de passeios bate-volta a partir de Natal, é possível conhecer várias praias, mas de forma superficial.

  • Porque Conhecer: A Rota do Sol que sai de Natal e segue até Pipa, possui várias praias incríveis e mirantes de tirar o fôlego.
  • Como Chegar: A estrada é bem sinalizada e as paradas também. O trajeto até a Praia de Camurupim leva cerca de 1 hora direto. Mas como você vai fazer várias paradas, reserve o dia inteiro para esse percurso. Há também opções de passeios bate-volta a partir de Natal, boa opção para quem estiver sem carro.

7 – O Maior Cajueiro do Mundo, Pirangi

Com mais de 100 anos de existência, esse árvore é considerada não somente o maior cajueiro do mundo, mas a maior árvore frutífera do planeta. É uma das atrações mais famosas do Rio Grande do Norte.

  • Porque Conhecer: Apesar de ser um ponto turístico bem tradicional e conhecido, o cajueiro sempre impressiona pela sua dimensão. A estrutura interna, com passarelas de madeira, facilita e torna bastante agradável a visita.
  • Como Chegar: O maior cajueiro do mundo fica em Pirangi do Norte, praia que fica no trajeto da Rota do Sul (o caminho que vai de Natal até Pipa). Portanto vale uma parada caso você esteja indo de carro para Pipa. Os passeios bate-volta a partir de Natal também costumam incluir o cajueiro no roteiro.

 

Se você gostou das dicas e adoraria conhecer este paraíso, não deixe de nos consultar!