Nova Zelândia - O paraíso isolado

Destino Nova Zelândia - O paraíso isolado - Clube Turismo Online

A Nova Zelândia é um dos países mais desenvolvidos e industrializados do mundo, e suas cidades também estão entre as mais habitáveis do planeta. Este pequeno país alia qualidade de vida e cultura a uma natureza exuberante composta fiordes, montanhas, paisagens remotas e paradisíacas.

A boa fama desse paraíso da Oceania, composto de diversas ilhas, não é à toa. Ele se posiciona sempre no topo das comparações internacionais sobre desenvolvimento humano, educação pública, baixa corrupção, democracia, proteção das liberdades civis e dos direitos políticos. Além disso, devido ao seu relativo isolamento no sudoeste do Oceano Pacífico, o país desenvolveu um ecossistema único que proporciona aos seus habitantes paisagens de tirar o fôlego e o contato com uma fauna mais que peculiar.

Com pouco mais de 4,5 milhões de habitantes, o país cenário dos filmes da franquia "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit" também é um dos queridinhos de quem não só procura belezas naturais exuberantes para turismo, como também dos intercambistas devido ao seu alto posicionamento no ranking dos países que mais investem em educação e por todas as suas universidades se encontrarem nas listas de melhores do mundo, além de que por manter uma postura pacífica, encontra-se fora da lista de ataques terroristas ou conflitos políticos e religiosos.

Queenstown

Apesar de ser uma cidade pequena, com pouco mais de 20 mil habitantes, a cidade é conhecida como “a capital mundial dos esportes radicais”. Badalada e bastante procurada para a prática de esportes de inverno por estar rodeada por montanhas, onde se localizam muitas estações de ski, Queenstown também atrai viajantes de todo o mundo para a prática de esportes náuticos, por ser banhada pelo lago Wakatipu.

Na época de alta temporada, a população da cidade chega a triplicar com viajantes do mundo inteiro.

Wellington

Sofisticada e compacta. Segundo a Lonely Planet, Wellington é "a menor e mais interessante capital do mundo".

Famosa por sua cultura, arte e beleza natural, a capital neozelandesa oferece atrações para os mais diversos públicos, desde passeios de compras e viagens gastronômicas, a programas em família e contato com o melhor da vida selvagem do país.

Muitas vezes chamada de "Wellywood", a cidade é o centro da indústria cinematográfica da Nova Zelândia. Wellington é um prato cheio para o viajante cinéfilo por ser a casa de produções do cinema mundial. Lá você pode passear pelas locações onde foram gravados filmes como "As Crônicas de Nárnia", "King Kong" e "Avatar".

Auckland

Mesmo que Wellington seja a capital, Auckland é o principal centro financeiro e econômico da Nova Zelândia. A cidade é tida como a mais cosmopolita do país por ao mesmo tempo abrigar a maior população polinésia de qualquer cidade do mundo, uma grande população de descendência europeia e o povo nativo, os maoris.

Para os visitantes, Auckland oferece uma excelente mistura de atividades urbanas e contato direto com a natureza. É lá que fica localizada a torre que é um dos símbolos do país, a SkyTower, de 328 metros, sendo a maior do hemisfério sul e uma das maiores do mundo. Dividida em 5 níveis, a torre fica no complexo SkyCity, que oferece para o turista desde hotéis, restaurantes, cassinos e até um cinema. Além da possibilidade de no topo da torre ter uma vista de 360 graus da cidade em um observatório e a prática do SkyJump, um salto de 192 metros de bungee jumping para os amantes de esportes radicais.

Descreva as informações e características do lugar (clima, cultura, gastronomia, atrativos), assim como dicas de segurança e a sua experiência de viagem etc.
Declaro que li e estou de acordo com os termos
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Conheça outros destinos

Santiago - um pedaço da Europa na América do Sul - Clube Turismo Online Santiago - um pedaço da Europa na América do Sul

A capital chilena é um verdadeiro patrimônio histórico da América do Sul. Cheia de charme com suas imensas belezas e ares ora europeus, ora latinos, Santiago conta com quase 7 milhões de habitantes e localiza-se ao lado da Cordilheira dos Andes, com localização privilegiada, próxima a diversas estações de ski e snowboard. Quando se trata de gastronomia, Santiago também não decepciona – o país é banhado pelo Oceano Pacífico com mais de 6 mil km de costa e, por isso, oferece os melhores peixes e frutos do mar em bons restaurantes espalhados pela cidade.   Confira abaixo algumas informações importantes sobre o destino e, em seguida, alguns pontos turísticos selecionados para você curtir sua viagem ao máximo! Moeda: Peso (você pode levar o real para fazer a troca de câmbio) Fuso horário: -2h do horário de Brasília até maio Idioma: Espanhol Código do País: +56 Vacina: Não exige nenhuma comprovação de vacina. Documentação: Brasileiros podem viajar para o Chile portando Passaporte ou RG.   O QUE FAZER EM SANTIAGO Palacio de La Moneda Localizado na Praça da Constituição, o gabinete da Presidência da República conta com a Troca da Guarda, uma tradicional cerimônia que pode ser assistida a cada dois dias. Esse evento reúne, além dos moradores da cidade, turistas do mundo inteiro. Paseo Bandera É uma rua colorida do Centro de Santiago em que apenas pedestres são permitidos. Lá, artistas plásticos aproveitam para esbanjarem suas criativas artes. A cada passo há um encanto vibrante e conceitual. Mercado Central Um local com alguns restaurantes, bares, lanchonetes, lojas de souvenires e artesanato. O mercado é praticamente uma parada obrigatória para quem está fazendo um city tour regular em Santiago. Cerro Santa Luzia Localizado no centro, possui uma ótima localização. Com algumas praças, o morro possui uma fonte e escadarias que levam o turista a um mirante no qual se vê a cidade de Santiago e a famosa Cordilheira dos Andes. Um lugar tranquilo e ótimo para ser visitado ao pôr do sol. A região é bacana e barata para se hospedar. Embora não seja famoso por hospedagem, como o bairro da Providência, sua localização é privilegiada. Parque Bicentenário Frequentado mais por seus moradores para piquenique, passeio de bicicleta, banho de sol, levar as crianças para brincar, é um parque afastado do centro. Um lugar agradável para relaxar e passar algumas horas. Nesse espaço acontecem eventos, shows, feitas e outras atividades gratuitas. Templo Bahá’i Um atrativo turístico que geralmente não se encontra dentro do roteiro de um City Tour básico. É um espaço sereno para contemplação da realidade espiritual. Aberto para todas as religiões. Seu funcionamento é de terça a domingo. La Chascona de Pablo Neruda Para os fãs do poeta Pablo Neruda, essa visita é indispensável. Antes de falecer, o escritor deixou 3 casas que viraram museus. Essa, então, é a mais importante. É uma oportunidade de conhecer mais sobre o autor e a sua amada Matilde Urrutia. Cerro San Cristóbal Para subir no Cerro é possível ir andando (longa distância), de teleférico ou de Funicular (mais comum), um trenzinho com trajeto de cerca de 10 minutos. Enquanto isso, seu cliente apreciará a natureza e ao chegar no topo, ele terá uma vista privilegiada da cidade e das Cordilheiras dos Andes. Assim como o Cerro Santa Lucia, é localizado no centro e sua acessibilidade é fácil. Um passeio que é possível fazer sem auxílio de guia. Sky Constanera: o mirante mais alto da América Latina! A 300 metros de altura, o Sky Costanera tem a vista mais impressionante em 360º de Santiago. Aberto todos os dias, inclusive feriados, paga-se 15 mil pesos para subir. O melhor horário para visitação é ao final do dia, onde a cidade fica belíssima ao pôr do sol. Lembrando que no verão anoitece por volta das 21:00hrs.

Sergipe - Histórico e incrível! - Clube Turismo Online Sergipe - Histórico e incrível!

Sergipe, assim como os demais estados do Nordeste, possui um grande acervo edificações históricas que recontam o período da colonização e transportam o viajante para uma época distante, proporcionando uma viagem no tempo de volta ao século XVI. As cidades de São Cristóvão, quarta mais antiga do Brasil, e Laranjeiras, possuem edificações muito preservadas e recontam um pouco da história do nosso país. Entre as belezas naturais, praias deslumbrantes e os Cânions do Xingó, um vale profundo, com 65 quilômetros de extensão, 170 metros de profundidade e largura que varia de 50 a 300 metros. Impressionante, não é? Principais destinos: Aracaju - Os visitantes que chegam a Aracaju se encantam com as belezas da capital sergipana. A cidade é famosa por sua qualidade de vida, sol, belas praias, praças arborizadas que se harmonizam com os manguezais, ruas e avenidas. Umas praias mais famosas é a de Atalaia. Sua orla de fácil acesso e o mar de com águas calmas e mornas proporcionam aos visitantes uma boa caminhada em suas extensas faixas de areia fina. Lá é possível também conhecer o Oceanário com parque infantil e degustar pratos típicos na Passarela do Caranguejo. Cânions do Xingó - Com a construção da barragem da Usina Hidroelétrica de Xingó no Rio São Francisco, deu-se origem a um cânion, formado por um vale profundo, com 65 quilômetros de extensão, 170 metros de profundidade e largura que varia de 50 a 300 metros. O visual é muito bonito, com rochas de granito avermelhado e cinza na encosta, além das diferentes espécies de aves e répteis na caatinga, vegetação do local. Também se pode contar com os passeios dos catamarãs Cotinguiba e Delmiro Gouveia e da Escuna Maria Bonita que oferecem variadas opções de passeios náuticos no lago de Xingó, que possui as mais belas paisagens do Cânion do Rio São Francisco, sendo o quinto maior do mundo e o maior em extensão navegável , possui águas verdes e transparentes.

Uruguai - O vizinho charmoso - Clube Turismo Online Uruguai - O vizinho charmoso

Fazendo fronteira com a Argentina e com o Brasil, no estado do Rio Grande do Sul, o Uruguai é um de nossos vizinhos mais charmosos. Com pouco mais de 3,5 milhões de habitantes, o Uruguai é o segundo menor país da América do Sul, mas um dos mais desenvolvidos economicamente e pioneiro em medidas relacionadas aos direitos civis e democratização da sociedade. Seus principais centros possuem estilos e destaques diferentes, oferecendo diversidade ao viajante, com praias, cidades históricas, ecoturismo, luxo e aventura. Os uruguaios costumam ser receptivos e acolhedores com estrangeiros e o alto nível de segurança no país é um dos fatores que atrai milhares de turistas ao país. Montevidéu Capital e maior cidade do país, Montevidéu é sede-administrativa do Mercosul, mas sendo um grande centro latino com charme europeu, clima de interior raro em outras grandes cidades hispânicas da América do Sul, além de um Centro Histórico com casarões coloniais, praças e parques. Às margens do rio da Prata, possui um serviço fluvial permanente que atravessa o Rio da Prata interligando com a capital argentina, Buenos Aires, facilitando para o turista aproveitar o melhor de cada em uma mesma viagem. O passado histórico e a qualidade de vida são seus grandes atributos, onde o antigo e o moderno seguem de mãos dadas. Punta del Este Já considerado o balneário mais luxuoso da América do Sul pela revista Forbes, a pequena cidade costuma receber mais de um milhão de turistas durante o verão. Com desde praias de águas calmas para crianças até as mais agitadas, uma variedade de lojas de grifes e galerias para os turistas, além de uma infraestrutura com pousadas charmosas, hotéis com serviço e acomodações impecáveis, e restaurantes com o melhor da gastronomia uruguaia. Colônia do Sacramento A duas horas de Montevidéu e a uma hora de barco desde Buenos Aires, passear por Colônia do Sacramento é como fazer uma viagem no tempo, já que o destino colonizado por portugueses foi preservado para manter seu aspecto original. A riqueza histórica desta cidade é seu principal atrativo para os turistas do mundo todo que visitam o Uruguai.   Fontes: viveruruguay.com / wikipedia.org

phone
Clube Turismo Online

Aqui você encontra todos os nossos contatos!