10 destinos para ir de moto

Destino 10 destinos para ir de moto - Clube Turismo Online

Viajar já é uma delícia, de moto, então, é libertador. Mas, para que a viagem não fique prejudicada, alguns cuidados precisam ser levados em consideração. São eles:

 

1ª Dica) Economize na bagagem. Procure escolher destinos que não exijam roupas muito pesadas, lembre-se que em qualquer lugar, hoje, existe uma lavanderia para ficar com as roupas limpinhas se a viagem for longa. Então, sem exageros.

 

2ª Dica) Ao montar a rota, procure rodovias que tenham postos de serviços na estrada. No mínimo, pode ser importante para se proteger de uma possível chuva.

 

3ª Dica) Quando se viaja de moto, a forma de curtir o visual já é diferente, mas mesmo assim, recomendamos que faça uma ou duas paradas durante o percurso para esticar um pouco as pernas, contemplar a vista e seguir viagem.

 

4ª Dica) E, para que a viagem seja legal e não um tormento, sugerimos que escolha opções de destinos que não excedam muito 500 km para que o cansaço e o desconforto imperem.

 

Assim, fica aqui a nossa dica de 10 lugares próximos de Ribeirão Preto para se visitar de moto:

1.       Maresias – 512km

Possui uma das melhores estruturas da região para receber turistas, são várias opções de pousadas, bares e restaurantes. Cercada pela Mata Atlântica, Maresias é uma boa opção para quem busca um refúgio combinando mar e natureza. 

2.       Praia de Paúba – 506 km

A tradição da pesca é mantida, e, por isso, nos barzinhos come-se petiscos inesquecíveis e fresquinhos. É uma praia menor, com mar bem calmo e uma boa opção para quem gosta de mergulho, com oferta de locais para se alugar equipamento. 

3.        Ilha Bela – 487km

São 42 opções de praias, mas também há opções para quem se cansar da água salgada. Como mais de 80% da sua área é preservada, no parque estadual é possível fazer trilhas, caminhadas e se refrescar em cachoeiras. Ilha Bela também uma ótima pedida para quem busca por uma gastronomia variada, badalação e, claro, um por do sol de tirar o fôlego.

 4.       Praia da Baleia - 485km

Bem mais rústica que sua vizinha Maresias, a Praia da Baleia não é um lugar com agitos noturnos e muitas opções de comércio. Sua extensa faixa de areia atrai pessoas que gostam de sentir a imensidão de estar na praia e o sossego que o mar calmo proporciona.

 5.       São Luiz do Paraitinga -  456km

São Luiz do Paraitinga é carnaval, é cachoeira, é rafting, é mirante, é história, é festa do Divino. Cidade conhecida pelo seu centro histórico com arquitetura do século XIX, São Luiz atrai turistas por todas as suas características, especialmente por ter boas opções de hospedagem. Outro fato interessante sobre o destino é que, após as enchentes que arrasaram a cidade alguns anos, hoje ela faz parte do projeto Cidade Inteligente da Elektro. Por isso, há uma série de ações tecnológicas em São Luiz que fazem dela uma cidade que combina o antigo e o futuro.

 6.       São Francisco Xavier - 432km

Localizado no meio das montanhas da Serra da Mantiqueira, São Francisco Xavier foge do senso comum dos turistas e, por isso, ainda é um refúgio para quem busca tranquilidade. Seus encantos naturais vão desde cachoeiras, picos, fauna e flora em abundância. Com uma oferta de hospedagem para todos os gostos, há também uma gastronomia variada e elegante. Ótima opção para quem quer passar uns dias em casal.

 7.       Gonçalves - 381km

Uma boa opção coringa perto de Ribeirão Preto, Gonçalves é o destino ideal para quem quer curtir o friozinho da montanha, uma lareira, vinho e o romance. Também é uma opção bacana para curtir a paisagem local fazendo caminhadas, trilhas a pé ou de bike, tem picos, falésias e cachoeiras. Além disso, a gastronomia local chama atenção de turistas que querem matar a saudade da comida mineira.

 8.       São Roque de Minas - 330 km

Visitar o Parque Estadual da Serra da Canastra é parada obrigatória em São Roque de Minas. A  terra do queijo da canastra é mais uma boa pedida para quem quer curtir a natureza fazendo trilhas, caminhadas e mergulhando na vasta opções de cachoeiras que a região oferece.

 9.       Bueno Brandão - 298km

Outra cidade que agrada gregos e troianos, conhecida por ser fonte de águas cristalinas e cachoeiras inesquecíveis, Bueno Brandão é para quem busca aventura fazendo cavalgadas, trekking, rapel, canyoning e também para quem quer uma pausa na rotina para caminhar, conhecer e contemplar a região montanhosa, o por do sol atrás dos montes, um bom queijo e comidinha mineira.

 10.   Capitolio - 224km

Queridinha dos ribeirão-pretanos, Capitólio tem uma paisagem de tirar o fôlego. A cidade é banhada pelas águas do Lago de Furnas, um dos maiores lagos artificiais do mundo. Em Capitólio há cachoeiras, grutas, mirantes e o cânions de mais de 20 metros de altura que encantam, passeios a cavalos, trekking, mountain bike e motociclismo. Também há atrativos culturais e históricos na cidade que fazem dela um destino completo. 

 

Descreva as informações e características do lugar (clima, cultura, gastronomia, atrativos), assim como dicas de segurança e a sua experiência de viagem etc.
Declaro que li e estou de acordo com os termos
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Conheça outros destinos

Buenos Aires - conheça a terra dos hermanos! - Clube Turismo Online Buenos Aires - conheça a terra dos hermanos!

Tom europeu na urbanização de uma cidade que não para: a capital argentina é a preferência dos brasileiros quando se trata de visitar o exterior. Não é difícil entender isso quando descobrimos que, além da proximidade com o Brasil, Buenos Aires oferece uma diversidade de coisas para curtir na cidade. Não faltam atrações para aproveitar a viagem, já que são inúmeros pontos turísticos que tornam a terra dos hermanos um destino completo com ótimas oportunidades de conhecer novas culturas. Confira abaixo algumas informações importantes sobre o destino e, em seguida, alguns pontos turísticos selecionados para você curtir sua viagem ao máximo! Moeda: Peso (você pode levar o real para fazer a troca de câmbio) Fuso horário: GMT-3 (Mesmo que Brasília) Idioma: Castellano Código do País: +54 Vacina: Não exige nenhuma comprovação de vacina. Documentação: Brasileiros podem viajar para Buenos Aires portando Passaporte ou RG.   O QUE FAZER EM BUENOS AIRES La Boca Caminito / La Bombonera / Museo de la Pasión Boquense / Calle Nocochea / Fundação Proa / Museu Quinquela Martín O bairro de La Boca passou por ampla revitalização nos últimos anos. Desde 2012 é o Distrito das Artes e abriga centros culturais, excelentes opções de restaurantes, bares e diversas atrações culturais. Se antes La Boca era uma parada rápida de 2h, saiba que para aqueles que gostam de artes, história e gastronomia, vale a pena dedicar mais tempo. Não deixe de visitar o Caminito, com suas fachadas coloridas e dançarinos de tango. No estágio La Bombonera, casa do tradicional Boca Juniors, fica o Museo de la Pasión Boquense que conta a história de mais de 100 anos do time que revelou Maradona. Como ir? Ônibus, táxi ou ônibus turístico.   Casa Rosada Na sede do governo, é possível fazer um tour guiado pela Casa Rosada, mas, para isso, é preciso acessar o site e preencher os dados necessários. Link do site: www.visitas.casarosada.gob.ar   Puerto Madero Pertinho da Casa Rosada e do Centro Cultural Kirchner, merece mais atenção do que uma parada para refeição. Com inúmeras opções de restaurantes (para todos os bolsos) e bares, Puerto Madero é um eterno hot spot. Não deixe de tirar uma foto na Puente de la Mujer e aproveite para atravessar o Rio de la Plata para conhecer melhor o bairro super moderno, com galerias de arte, lojas e restaurantes.   Os Parques de Buenos Aires Você já deve ter ouvido que se nunca foi à Europa, a capital argentina pode ser uma boa introdução. Alguns dos parques mais famosos de Buenos Aires são: - Jardim Botânico; - Jardim Japonês; - Passeo del Rodesal no Parque 3 Febrero e a famosa Flor Metálica; - Parque Costanera Sur do outro lado de Puerto Madero é a melhor opção para atividades físicas ao ar livre (dica para os esportistas de plantão).   Rotas dos Museus Buenos Aires é uma cidade muito bem servida de museus dos mais variados estilos. O Museu Malba e o Museu Nacional de Arte Moderna são ótimas opções para apreciar a arte latino-americana e contemporânea.   Outros pontos de Buenos Aires que merecem ser visitados - Teatro Cólon; - Livraria El Ateneo; - Passear pelo bairro Belgrano; - Feira de San Telmo; - Bairros Recoleta e Palermo, ótimos para caminhadas; - Arcos District Premium Outlet; - Calle Florida; - Obelisco. 

Santiago - um pedaço da Europa na América do Sul - Clube Turismo Online Santiago - um pedaço da Europa na América do Sul

A capital chilena é um verdadeiro patrimônio histórico da América do Sul. Cheia de charme com suas imensas belezas e ares ora europeus, ora latinos, Santiago conta com quase 7 milhões de habitantes e localiza-se ao lado da Cordilheira dos Andes, com localização privilegiada, próxima a diversas estações de ski e snowboard. Quando se trata de gastronomia, Santiago também não decepciona – o país é banhado pelo Oceano Pacífico com mais de 6 mil km de costa e, por isso, oferece os melhores peixes e frutos do mar em bons restaurantes espalhados pela cidade.   Confira abaixo algumas informações importantes sobre o destino e, em seguida, alguns pontos turísticos selecionados para você curtir sua viagem ao máximo! Moeda: Peso (você pode levar o real para fazer a troca de câmbio) Fuso horário: -2h do horário de Brasília até maio Idioma: Espanhol Código do País: +56 Vacina: Não exige nenhuma comprovação de vacina. Documentação: Brasileiros podem viajar para o Chile portando Passaporte ou RG.   O QUE FAZER EM SANTIAGO Palacio de La Moneda Localizado na Praça da Constituição, o gabinete da Presidência da República conta com a Troca da Guarda, uma tradicional cerimônia que pode ser assistida a cada dois dias. Esse evento reúne, além dos moradores da cidade, turistas do mundo inteiro. Paseo Bandera É uma rua colorida do Centro de Santiago em que apenas pedestres são permitidos. Lá, artistas plásticos aproveitam para esbanjarem suas criativas artes. A cada passo há um encanto vibrante e conceitual. Mercado Central Um local com alguns restaurantes, bares, lanchonetes, lojas de souvenires e artesanato. O mercado é praticamente uma parada obrigatória para quem está fazendo um city tour regular em Santiago. Cerro Santa Luzia Localizado no centro, possui uma ótima localização. Com algumas praças, o morro possui uma fonte e escadarias que levam o turista a um mirante no qual se vê a cidade de Santiago e a famosa Cordilheira dos Andes. Um lugar tranquilo e ótimo para ser visitado ao pôr do sol. A região é bacana e barata para se hospedar. Embora não seja famoso por hospedagem, como o bairro da Providência, sua localização é privilegiada. Parque Bicentenário Frequentado mais por seus moradores para piquenique, passeio de bicicleta, banho de sol, levar as crianças para brincar, é um parque afastado do centro. Um lugar agradável para relaxar e passar algumas horas. Nesse espaço acontecem eventos, shows, feitas e outras atividades gratuitas. Templo Bahá’i Um atrativo turístico que geralmente não se encontra dentro do roteiro de um City Tour básico. É um espaço sereno para contemplação da realidade espiritual. Aberto para todas as religiões. Seu funcionamento é de terça a domingo. La Chascona de Pablo Neruda Para os fãs do poeta Pablo Neruda, essa visita é indispensável. Antes de falecer, o escritor deixou 3 casas que viraram museus. Essa, então, é a mais importante. É uma oportunidade de conhecer mais sobre o autor e a sua amada Matilde Urrutia. Cerro San Cristóbal Para subir no Cerro é possível ir andando (longa distância), de teleférico ou de Funicular (mais comum), um trenzinho com trajeto de cerca de 10 minutos. Enquanto isso, seu cliente apreciará a natureza e ao chegar no topo, ele terá uma vista privilegiada da cidade e das Cordilheiras dos Andes. Assim como o Cerro Santa Lucia, é localizado no centro e sua acessibilidade é fácil. Um passeio que é possível fazer sem auxílio de guia. Sky Constanera: o mirante mais alto da América Latina! A 300 metros de altura, o Sky Costanera tem a vista mais impressionante em 360º de Santiago. Aberto todos os dias, inclusive feriados, paga-se 15 mil pesos para subir. O melhor horário para visitação é ao final do dia, onde a cidade fica belíssima ao pôr do sol. Lembrando que no verão anoitece por volta das 21:00hrs.

Chile - País de extremos - Clube Turismo Online Chile - País de extremos

Isolado do resto da América do Sul e do mundo, na altura do oeste dos Andes, o Chile possui o Oceano pacífico ao leste, o seco Deserto do Atacama ao norte e as águas impenetráveis da Patagônia ao sul. De seus extremos a sua capital cosmopolita, Santiago, em seu coração, as cidades do país irão de unir em 2018 para comemorar os 200 anos de independência do país. Neste extenso território de amplos horizontes, se deixe invadir pela sensação de estar vivo. Você pode se conectar com a natureza ou explorar terras primitivas. E, ao mesmo tempo, o povo chileno e toda sua cultura vão surpreender você com sua amabilidade e hospitalidade. Com o passar dos anos, o Chile tem se consolidado como um dos mais atraentes e valorizados destinos do nosso continente. Patagônia Uma área que se divide entre dois países, Chile e Argentina, a Patagônia é em grande parte desabitada, mas vários pontos em ambos os países possuem boa estrutura hoteleira e turística. A parte chilena da Patagônia compreende a região de Los Lagos, o sítio arqueológico de Monte Verde, as ilhas a sul das regiões de Aisén e Magallanes, incluindo o lado ocidental da Terra do Fogo e do Cabo Horn. Durante o verão, os dias são mais longos e o frio menos intenso, o que torna a melhor época para viajar para a extensa região. É de lá, inclusive, que partem as excursões para a Antártida e onde é possível apreciar as mais diferentes espécies de animais marinhos. Deserto de Atacama Destino para o ano inteiro, o Deserto do Atacama é o mais alto e mais seco do mundo, mas pode e merece ser visitado em qualquer época do ano. Para quem escolhe ir no inverno, será recompensado pelas paisagens de neve, já para quem decide ir no verão, a boa notícia é que os passeios, em sua maioria, acontecem nos períodos do dia de temperatura mais amena nesse oásis em plena sintonia com a natureza. No coração do deserto encontramos o pequeno vilarejo de San Pedro de Atacama, que recebe milhares de turistas todos os anos por sua paisagem singular, mas ainda assim preserva ruas de terra e arquitetura rústica. Sem aeroporto na cidade, os voos descem em Calama, que fica a pouco menos de 100 km. Santiago Porta de entrada para o país, Santiago do Chile tem atrações de tirar o fôlego, gastronomia e cultura ricas. Com sua arquitetura diversificada a começar pela Igreja de São Francisco, passando pelos modernos prédios espelhados que dividem cenário com os demais cheios de história para contar em uma cidade cosmopolita, Santiago é uma das capitais mais queridas da América do Sul. Se a época do ano escolhida para a viagem for o inverno, vale a pena conferir as estações de esqui que ficam perto da cidade, aproveitando o máximo da estadia. Ou, também ao redor da cidade, mas em outras épocas do ano, vale a pena partir de Santiago para conhecer as famosas vinícolas que ficam aos arredores e degustar os melhores vinhos da região.

phone
Clube Turismo Online

Aqui você encontra todos os nossos contatos!