Chile - País de extremos

Destino Chile - País de extremos - Clube Turismo Tambaú - João Pessoa / PB

Isolado do resto da América do Sul e do mundo, na altura do oeste dos Andes, o Chile possui o Oceano pacífico ao leste, o seco Deserto do Atacama ao norte e as águas impenetráveis da Patagônia ao sul.

De seus extremos a sua capital cosmopolita, Santiago, em seu coração, as cidades do país irão de unir em 2018 para comemorar os 200 anos de independência do país.

Neste extenso território de amplos horizontes, se deixe invadir pela sensação de estar vivo. Você pode se conectar com a natureza ou explorar terras primitivas. E, ao mesmo tempo, o povo chileno e toda sua cultura vão surpreender você com sua amabilidade e hospitalidade.

Com o passar dos anos, o Chile tem se consolidado como um dos mais atraentes e valorizados destinos do nosso continente.

Patagônia

Uma área que se divide entre dois países, Chile e Argentina, a Patagônia é em grande parte desabitada, mas vários pontos em ambos os países possuem boa estrutura hoteleira e turística.

A parte chilena da Patagônia compreende a região de Los Lagos, o sítio arqueológico de Monte Verde, as ilhas a sul das regiões de Aisén e Magallanes, incluindo o lado ocidental da Terra do Fogo e do Cabo Horn.

Durante o verão, os dias são mais longos e o frio menos intenso, o que torna a melhor época para viajar para a extensa região. É de lá, inclusive, que partem as excursões para a Antártida e onde é possível apreciar as mais diferentes espécies de animais marinhos.

Deserto de Atacama

Destino para o ano inteiro, o Deserto do Atacama é o mais alto e mais seco do mundo, mas pode e merece ser visitado em qualquer época do ano. Para quem escolhe ir no inverno, será recompensado pelas paisagens de neve, já para quem decide ir no verão, a boa notícia é que os passeios, em sua maioria, acontecem nos períodos do dia de temperatura mais amena nesse oásis em plena sintonia com a natureza.

No coração do deserto encontramos o pequeno vilarejo de San Pedro de Atacama, que recebe milhares de turistas todos os anos por sua paisagem singular, mas ainda assim preserva ruas de terra e arquitetura rústica. Sem aeroporto na cidade, os voos descem em Calama, que fica a pouco menos de 100 km.

Santiago

Porta de entrada para o país, Santiago do Chile tem atrações de tirar o fôlego, gastronomia e cultura ricas.

Com sua arquitetura diversificada a começar pela Igreja de São Francisco, passando pelos modernos prédios espelhados que dividem cenário com os demais cheios de história para contar em uma cidade cosmopolita, Santiago é uma das capitais mais queridas da América do Sul.

Se a época do ano escolhida para a viagem for o inverno, vale a pena conferir as estações de esqui que ficam perto da cidade, aproveitando o máximo da estadia. Ou, também ao redor da cidade, mas em outras épocas do ano, vale a pena partir de Santiago para conhecer as famosas vinícolas que ficam aos arredores e degustar os melhores vinhos da região.

Descreva as informações e características do lugar (clima, cultura, gastronomia, atrativos), assim como dicas de segurança e a sua experiência de viagem etc.
Declaro que li e estou de acordo com os termos
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Conheça outros destinos

Pernambuco - Rico, belo e cheio de história! - Clube Turismo Tambaú - João Pessoa / PB Pernambuco - Rico, belo e cheio de história!

Do Litoral ao Sertão, Pernambuco é só beleza. É o destino certo para quem procura o melhor das riquezas naturais do Nordeste, com um extenso e apreciado litoral de águas mornas e cristalinas. Os cenários convidativos de praias paradisíacas como Tamandaré e Porto de Galinhas são apenas alguns dos inúmeros atrativos se sobressai, ainda, na magnitude e importância histórica de suas tradições culturais, como os festejos carnavalescos e juninos. Principais destinos: Recife / Olinda - Cidades irmãs, que comemoraram aniversário juntas, são ambas cheias de beleza e história e possuem um dos carnavais mais disputados do Brasil. As duas cidades são muito próximas e parada obrigatória de qualquer viajante que passe por Pernambuco. Praia de Boa Viagem - Durante a visita à praia de Boa Viagem, os turistas podem conhecer a beleza das piscinas naturais banhadas pelas águas cristalinas do Oceano Atlântico e praticar esportes náuticos como a natação e o mergulho turístico, além de bronzear-se e relaxar enquanto admira a paisagem ímpar do litoral sul da capital pernambucana. Fernando de Noronha - No Arquipélago, se tem a sensação de estar em uma parte do Brasil que deu certo, são 17 quilômetros quadrados à 545 km da costa pernambucana, onde vive uma população de apenas 3.500 habitantes e o turismo é desenvolvido de forma sustentável, criando a oportunidade do encontro equilibrado do homem com a natureza em um dos santuários ecológicos mais importantes do mundo. Porto de Galinhas - Localizada a 80km de Recife, a vila de Porto de Galinhas é apenas um dos encantos da badalada região. As praias de Muro Alto, do Cupe e de Maracaípe também arrancam suspiros dos turistas e até mesmo dos moradores locais. O tom surpreendente da água é característico do litoral pernambucano – e do nordeste brasileiro – e muda conforme a maré e o período de chuvas. Garanhuns - Na região serrana do Planalto da Borborema, é também conhecido como a Suíça Pernambucana, por causa de seu clima ameno no verão e temperaturas baixas no inverno, atípico para o resto da região. O município se localiza numa região montanhosa do Planalto da Borborema, estando numa altitude média de 896 m. A cidade está localizada entre sete colinas. O clima de Garanhuns atrai muitos turistas tanto no verão quanto no inverno. Destacam-se vários pontos turísticos, como o Relógio das Flores (Praça Tavares Correia), o Palácio Celso Galvão, o Parque Euclides Dourado (ou Parque dos Eucaliptos), o Parque Ruben Van Der Linden (ou Parque Pau-Pombo), o Castelo de João Capão, o Cristo do Magano, o Mosteiro de São Bento, o Monumento do Ipiranga, o Seminário São José e as Sete Colinas. Petrolina - Petrolina reúne, as águas do Velho Chico garantem o lazer. Na "orla", a diversão é garantida por conta dos restaurantes, bares, sorveterias, pista de Cooper. Para entrar no clima da região, vale visitar o Museu do Sertão. São quatro galerias tomadas por móveis, armas de cangaceiros, documentos, fotos e objetos que contam a história de Petrolina e arredores. Também merece uma visita a Catedral do Sagrado Coração de Jesus - em estilo neogótico, reúne 57 belos vitrais franceses. Inclua no roteiro um passeio pela rua Barbosa Lima, também chamada de Petrolina Antiga, repleta de construções do século 20.

Bahia - Destino de todos os santos! - Clube Turismo Tambaú - João Pessoa / PB Bahia - Destino de todos os santos!

O maior estado do Nordeste, um dos mais cosmopolitas e diversos do Brasil, a Bahia impressiona qualquer viajante. Culinária excepcional, um sotaque único e muitas coisas pra se ver e conhecer. Se você nunca foi à Bahia, está prestes a descobrir um pouquinho do que você está perdendo... Principais destinos Salvador - A capital baiana inspira espontaneidade, alegria e religiosidade. Seu histórico conjunto arquitetônico e suas igrejas remetem o visitante ao passado, quando Salvador era a capital do Brasil. Praias, festas e tradições culturais completam as opções para os turistas. Construída em dois andares, a cidade é historicamente uma das mais importantes da América. A evolução de seu perfil, visto da Baía de Todos os Santos, ao longo de mais de quatro séculos, é fascinante. Além disso, as contribuições de seu povo para a cultura brasileira e mundial são imensas. Chapada Diamantina - Localizada no coração da Bahia, a Chapada Diamantina é considerada um oásis em pleno sertão nordestino, com temperaturas amenas e reduto para diversas nascentes. Formada por dezenas de municípios, com quase 40 mil km², a região foi desenhada ao longo de bilhões de anos, quando as chuvas, os ventos e o rios esculpiram as rochas, criando vales e montanhas. Da exploração de minérios às mais diferentes formas de turismo, a Chapada ficou conhecida em todo o mundo pela sua beleza cênica. A cultura garimpeira deixou o seu legado e, junto com tantas outras, deu sentimento, sabor e identidade à Chapada. Com uma rica arquitetura, em grande parte, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o lugar é um reduto para o intercâmbio cultural entre nativos e turistas. Abrolhos - O Arquipélago de Abrolhos é conhecido pelos navegadores portugueses desde o século 16. Seus recifes, que podem ser um perigo para embarcações, justificam o nome do Arquipélago. Possui excelente área para mergulho autônomo e livre, pois as formações de corais abrigam grande diversidade de fauna marinha, formando grandes áreas de piscinas naturais. Porto Seguro - Sol e praia, história e cultura, esporte e natureza, festas, agito e badalação, enfim, as opções são muitas e variadas. A região conta com belas praias, um agitado carnaval e um ambiente aconchegante. Destaques para o museu de Porto Seguro, o memorial da Epopeia do Descobrimento, o Parque Nacional do Monte Pascoal, o Parque Municipal Marinho do Recife de Fora, o Arraial d´Ajuda Eco Parque, a Ilha dos Aquários, e a Estação Veracel. Trancoso - Trancoso, é uma vila tranqüila, charmosa, preservada, de freqüência jovem e globalizada. Há alguns anos, deixou de ser a vila rústica e isolada, descoberta pelos hippes nos anos 70 para se tornar o destino turístico dos antenados e vips. A calma continua no ar, mas agora já mesclada ao jeito de cidadezinha. Todo o charme desse vilarejo é cercado por praias belíssimas e uma natureza exuberante com um clima ameno o ano inteiro.  

Paraíba - O lar do Extremo Oriental - Clube Turismo Tambaú - João Pessoa / PB Paraíba - O lar do Extremo Oriental

Ah, Paraíba, meu amor, eu estava da saída, mas, eu vou ficar! Essa frase, retirada de uma das musicas famosas que homenageiam o estado, representam bastante o sentimento do viajante que experimenta uma visita às belezas paraibanas pela 1ª vez. São tantas as belezas naturais espalhadas pelo estado que é inevitável a sensação de que estamos perdendo algo na saída. João Pessoa - A cidade nas Américas onde o sol nasce primeiro, possui um charme e uma simplicidade que é só sua. João Pessoa, que já foi eleita a 2ª capital mais verde do mundo, permanece como a capital mais verde do Brasil, possuindo diversas áreas de preservação de Mata Atlântica, sendo as mais conhecidas a Mata do Buraquinho, com 515 hectares, e o Parque Arruda Câmara, ou popularmente chamado de ‘Bica’, um misto de zoológico e reserva florestal, com exemplares da fauna e flora brasileiras, assim como animais de outros continentes. Fundada em 1585, João Pessoa é a 3ª capital de estado mais antiga do Brasil, e possui um grande acervo de edificações históricas no centro da cidade, onde está localizado o Parque Solón de Lucena, um dos seus principais cartões postais. Litorânea, suas praias urbanas diferem das outras capitais do Nordeste, já que é proibida a construção de edificações com mais de três andares (até 10m). Os destaques são as praias do Cabo Branco e do Bessa. Praia do Jacaré - O famoso espetáculo do pôr do sol na Praia do Jacaré, responsável por reunir centenas de turistas todos os dias em Cabedelo, cidade vizinha ao norte de João Pessoa. Um dos maiores charmes do seu pôr do sol é quando o músico Jurandy do Sax executa o Bolero de Ravel, composição do francês Maurice Ravel (1875-1937), de dentro do rio, enquanto o sol vai se escondendo atrás da mata ciliar. Às 17 horas, ele surge à bordo de uma canoa, com o cabelo amarrado em um rabo de cavalo e vestido de branco da cabeças aos pés. Parecendo entrar na dança, gaivotas cortam o céu, e o rio vai se tingindo de dourado. A cena resume um pouco a beleza da Paraíba. Tambaba – A 25 Km de João Pessoa, localizada à Barra de Garaú, no município do Conde, em Tambaba, foi instalada o primeiro campo de naturismo oficial do Nordeste, o segundo do Brasil. Com uma extensão de 1,7 metros de pura beleza selvagem, estando protegida graças as suas falésias altas e íngremes, ora cobertas por uma mata densa, ora desnudas, enaltecendo o colorido dos terrenos de cor avermelhada ou branca. O acesso a esta praia é facilitado pela Rodovia Estadual PB-008, integrada à rodovia Conde-Jacumã. Vale dos Dinossauros em Sousa - Distante 427 km de João Pessoa, nos arredores do município de Sousa, está localizado o Monumento Natural ‘Vale dos Dinossauros’que tem atraído pesquisadores e turistas brasileiros e do exterior pela variada quantidade de pegadas presentes em uma área de 40 hectares, dentro de uma Unidade de Conservação.Estudos já realizados por pesquisadores no local confirmam os registros de pelo menos quatro diferentes espécies. O Monumento do Vale mantém preservados os vestígios dos animais que habitavam a bacia sedimentar de Sousa, fato ocorrido há cerca de 165 milhões de anos.

phone
Clube Turismo Tambaú - João Pessoa / PB

Aqui você encontra todos os nossos contatos!